ASSOCIAÇÃO DE PROMOÇÃO E ASSISTÊNCIA DE LAVÍNIA – APAL, situado no endereço: Rua Dirceu José Magalhães n° 457, Centro, Lavínia/SP, foi fundada em sete de Agosto de mil novecentos e setenta e quatro, por uma Assembléia Popular, contento na época para sua formação setenta e duas pessoas, com intuito de solucionar os problemas de Assistência Social e Promoção da Saúde do Idoso em Lavínia.

No entanto, a cada nova Comissão de Gerenciamento da Instituição, foram existindo novos planos e novas intervenções, para uma melhora na qualidade de vida do idoso, sempre deixando específico e claro os cuidados necessários de que cada idoso precisa.

Atualmente atendemos cerca de onze idosos, sendo sete homens e quatro mulheres, com capacidade para atendermos quinze idosos no total. Contamos com a uma equipe de profissionais para atender todas as demandas necessárias para um atendimento concreto e específico. A APAL é uma entidade sem fins lucrativos, que tem por objetivo proporcionar moradia a pessoas idosas desamparadas, com rompimento de vínculo familiar ou em situação de vulnerabilidade e risco social, com idade igual ou superior a 60 anos em regime de internato ininterrupto em tempo integral.

A entidade executa Serviço de Acolhimento Institucional de longa permanência ao idoso – Proteção Social de Alta Complexidade. A natureza do acolhimento deverá ser provisória e, excepcionalmente, de longa permanência quando esgotadas todas as possibilidades de autossustento e convívio com os familiares.

A instituição de longa permanência, denominada APAL é um local de acolhimento em regime integral, previstas na proteção social especial de alta complexidade, para atender idosos em situação de abandono ou negligência, em caso de suspensão temporária ou quebra de vínculo familiar e comunitário. O envelhecimento saudável e com qualidade de vida está à garantia da convivência familiar, e a integração do idoso na comunidade. A permanência do idoso em casa é uma situação que deve ser preservada e estimulada por toda a família, porém o envelhecimento é uma realidade de muitas faces, e a opção pela moradia em instituição de longa permanência é, algumas vezes, a única alternativa, na preservação de direitos e proteção ao idoso. O Estatuto do Idoso destina-se a regular os direitos assegurados às pessoas com idade ou superior a 60 (sessenta) anos. (Art. 1º). O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes a pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que tratam esta lei, assegurando-se lhe, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade. (Art. 2º).

Dessa forma, visto a necessidade de intervenções junto à garantia dos Direitos dos Idosos assegurados em Estatuto, torna-se clara a importância e existência da Associação de Promoção e Assistência de Lavínia – APAL, através de acolhimento, orientações, monitoramento, acompanhamento familiar e dinamização de lideranças, implantando políticas sociais básicas, em nível de assistência e promoção humana, com vistas à melhoria da qualidade de vida, principalmente da população idosa carente e em situação de isolamento familiar e social.

Com objetivo de assegurar aos idosos padrões de habitação compatíveis com as necessidades deles, bem como provê-los alimentação regular e higiene indispensáveis às normas sanitárias e com estas condizentes, oferecer qualidade no atendimento, garantir da autonomia, independência, convívio familiar e comunitário, trabalho sociofamiliar e desenvolvimento de oportunidades para o fortalecimento ou restauração de vínculos familiares e a (re)inserção na família quando possível, também de importância fundamental é o acesso dos idosos aos serviços disponíveis na rede de proteção social, como na área da saúde, educação, atividades culturais e de lazer, conforme a legislação vigente é necessário a celebração dos convênios federal, municipal, estadual e da participação do idoso prevista no Estatuto do idoso, artigo 33, para garantir o padrão de qualidade no atendimento ao idoso e assim garantir uma qualidade de vida social, emocional e física saudável.

 

 

 

 

www.000webhost.com